O Programa

Lançado em 2008, o 10.000 Mulheres é um programa global do banco de investimentos Goldman Sachs e da Goldman Sachs Foundation, que proporcionou educação em administração e gestão de negócios a mulheres empreendedoras, a fim de ajudar a melhorar a qualidade da educação empresarial nos países em desenvolvimento.

 

O programa 10.000 Mulheres já atingiu mais de dez mil mulheres empreendedoras em 43 países, incluindo Afeganistão, África do Sul, Brasil, China, Egito, Índia, Libéria, México, Nigéria, Peru, Quênia, Ruanda, Tanzânia e Turquia, através de uma rede de 90 escolas e organizações sem fins lucrativos. Mais de 30 das mais importantes escolas de negócios do mundo já participaram do programa.

 

Como parte da iniciativa, a FGV – EAESP oferece um programa que proporcionará às empreendedoras participantes os conhecimentos e ferramentas necessários para que elas tenham sucesso no competitivo mercado global. Projetado em parceria com a Babson College, a mais importante escola de empreendedorismo dos Estados Unidos, o currículo abrange de modo objetivo temas como operações, negociação, marketing e gestão de recursos humanos, que poderão ser imediatamente postos em prática pelas empreendedoras. As participantes também terão acesso a tutoria, eventos de networking e fóruns que lhes permitirão se conectar, aprender e trocar ideias. Após concluir o programa, as empresárias se tornarão parte da rede de ex-alunas do 10.000 Mulheres e terão acesso contínuo a aprendizagem e oportunidades de networking.

 

Como parte da iniciativa, a FGV – EAESP ofereceu um programa que proporcionou às empreendedoras participantes os conhecimentos e ferramentas necessários para que elas tenham sucesso no competitivo mercado global. Projetado em parceria com a Babson College, a mais importante escola de empreendedorismo dos Estados Unidos, o currículo abrangeu de modo objetivo temas como operações, negociação, marketing e gestão de recursos humanos, que poderão ser imediatamente postos em prática pelas empreendedoras. As participantes também tiveram acesso a tutoria, eventos de networking e fóruns que lhes permitiram se conectar, aprender e trocar ideias. Após concluir o programa, as empresárias se tornaram parte da rede de ex-alunas do 10.000 Mulheres e tem acesso contínuo a aprendizagem e oportunidades de networking.

 

O programa 10.000 Mulheres da FGV – EAESP foi coordenado pelos professores Maria José Tonelli e Tales Andreassi.

 

As participantes tiveram 17 dias de aulas presenciais na unidade Nove de Julho da FGV, das 9h00 às 18h00, sempre às sextas-feiras e aos sábados.

 

O processo de seleção feito pela FGV e pela Fundação Goldman Sachs, patrocinadora do 10.000 Mulheres. O programa 10.000 Mulheres não oferece qualquer ajuda de custo para estada e passagens.

 

Informações da turma 14*:
O curso aconteceu entre Agosto e Dezembro de 2016.

 

Local das aulas:
Unidade Nove de Julho da FGV
Rua Itapeva, 432, Bela Vista, cidade de São Paulo
Saiba mais em: http://www.goldmansachs.com/citizenship/10000women/